A indicação dos personagens para a futura revista em quadrinhos da Prefeitura rendeu tantos comentários que fomos obrigados a preparar um terceiro capítulo. Confidencialmente recebemos sugestões para alguns personagens que não foram citados nos capítulos anteriores. Vamos a eles!!!

 

Lee Houa!!!

Com este nome pode parecer que é um personagem Americano ou Chinês, mas é nativo, pois nasceu e viveu toda vida na rua de Baixo. Costuma fazer um negócio cremoso e gelado para viver e ultimamente tornou-se seguidor fiel dos Bagrinhos, resultando na indicação de seu filho, Cel Isopor para o comando da jardinagem da rua. Ao mesmo tempo ganhou a chefia dos vendedores da rua, mesmo não sabendo como é isso!!!

 

Uh!!! Go

Este ajuda Bertinho no trato da rua de Baixo. Ficou famoso quando pediram para ele cuidar do local da visita do chefe da cidade na rua de Baixo sem mostrar que ele fez por causa da visita, durante a folga de Bertinho. Virou Neme no Zap Zap da rua de Cima, quando todos gritam o nome dele quando a rua está suja!!!

 

Sam Hara

Garota bem tratada, fina flor da rua de Baixo. É apaixonada em Bagre Júnior e sua função na turminha é cuidar dos menos afortunados. Comidinhas, Cobertores, Moradia são a pauta do seu dia-a-dia. Sua única raiva é contra algumas engraçadinhas, principalmente as que cuidam dos pés.

 

Belo Feet

Esta bela e atraente menina entrou para a turma da rua de Baixo a pouco, mas sua aparição movimentou e causou comentários até na rua de Cima. Esta menina tem gosto e talento para cuidar dos pés. O único problema é gostar de cuidar dos pés errados.

 

Jó Seco

Garoto muito dedicado. Cuida das crianças que precisam de cestas, que gostam de pinturas, de fazer pão ou outras necessidades. O problema é que vira e mexe falta o que dar ou fica sabendo depois quem precisa, ou seja, uma fonte que secou!!!

 

Psiu Ceh

Não gostou do que fizeram??? Tens dúvidas sobre algo??? Quer saber algum detalhe??? Chame a Psiu Ceh!!! Esta menininha é incumbida de falar e mostrar a dúvida das outras crianças, principalmente as da rua de Cima. O estranho é que ela se mostra sempre benevolente, porém responde apenas o que os Bagrinhos dizem e mandam!!!

 

Fah Macia

Membro do Conselho da Turma da rua de Baixo, gosta de dizer quem é e o que faz. Sua principal frase é “Você sabe com quem está falando???” além de trocar as funções dos outros meninos e meninas da rua. Atualmente não amedronta mais ninguém, apenas chateia!!!

 

Alahtri

Entrou para a turminha a pouco tempo também e tenta orientar sobre o que é certo ou errado. Ao mesmo tempo enveredou pelos caminhos da comédia, revelando-se um tremendo desastre. Espera-se que seja melhor na orientação!!!

 

All Bocks

Coube a ele orientar a turminha sobre o que é certo ou errado. O problema é nunca seguem o que ele fala. Tem predileção por afastar outros orientadores, provavelmente para eles não saberem o que está sendo feito errado. É figura importante na turminha da rua de Baixo.

 

Mack Guinhos

Fiel Escudeiro da turminha, ou melhor, de Bagrinho Júnior. Ajuda na sua agenda, nos seus afazeres e o acompanha por todos os cantos da rua de Baixo. Fica sabendo de tudo e por causa disso deixa muitos meninos e meninas sem solução para alguns de seus problemas.

 

Low Fidelity

É o guardião de Bagrinho Júnior e ao mesmo tempo cuida de construções, ou seja, além de não tomar conta direito não sabe o que faz na rua de Baixo. Há muito tempo Low Fidelity queria um cargo para chamar de seu!!!

 

Le Paul

Designado para controlar o esporte e a recreação das crianças da rua de Baixo não entendeu quando lhe disseram ter “Carta Branca” para agir e fez sozinho, mais presepadas em alguns meses do que todos os membros da rua em 18 meses. Resultado; Foi chutado da turma e agora convive entre as ruas de Baixo e de Cima sem um rumo certo.

 

Dé Pau Lah!!!

Para o seu lugar foi chamado Dé Pau Lah!!!. Animado e com muita disposição e energia controlou o quanto pode o esporte da turminha da rua de Baixo. Pena que o rojão foi grande demais e não se sabe porque, abandonou o cargo. Tem um carinho especial pelo Oriente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *