A 65ª Subseção da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil em Caraguatatuba elegeu ontem por uma diferença de 33 votos Marcelo William como o seu novo Presidente para o Triênio 2022/2024. Na Eleição Estadual Patrícia Vanzolini venceu por 245 votos contra 141 do candidato Caio, apoiado pela chapa derrotada de Felipe Tobias, que almejava o terceiro mandato. O pleito transcorreu com total normalidade e sob os rígidos protocolos Eleitorais decididos pela Comissão Estadual da OAB. O anúncio oficial do resultado foi declarado pelo Presidente da Comissão Eleitoral local, Wallace Luiz Cabral Marcondes.

Os advogados de Caraguatatuba votaram ontem para escolher a nova diretoria da Ordem local, a 65ª Subseção, quando concorriam o atual Presidente, Felipe Tobias, que tentava o seu terceiro mandato pela chapa 1 – Compromisso com a Advocacia e Marcelo William pela chapa 2 – Renovação na OAB, estreante na disputa pela Presidência. A votação ocorreu na Casa do Advogado, das nove às 17 horas e pela primeira vez, utilizando-se do sistema de Urna Eletrônica, o mesmo usado nas Eleições Gerais e Municipais, onde o código de acesso a votação era o número de inscrição na OAB.

Segundo informações em Caraguatatuba estão inscritos na Subseção 663 Advogados, que foram divididos em duas Seções Eleitorais, a de número 594 para os profissionais mais antigos e a 595 para os Advogados com inscrição mais atual. Devido aos protocolos de Segurança Eleitoral decididos pela Comissão Estadual o Blog Contra & Verso não pode fotografar a Seção Eleitoral, bem como simular o voto dos candidatos a Presidente, Felipe Tobias e Marcelo William.

A movimentação Eleitoral esteve presente e de forte intensidade, com ambas as chapas tendo realizado o lançamento de suas candidaturas, Jantares de apresentação e um grande aparato de material eleitoral, onde não faltaram Santinhos e Adesivos e a busca do voto para cada Advogado que chegava para a votação. Nos Bastidores Políticos da Advocacia comentava-se que a chapa de Marcelo William tinha as bênçãos do Prefeito Aguilar Júnior e que no final do período eleitoral, o candidato da chapa 2 havia conquistado boa parte do Eleitorado e ameaçaria a reeleição de Felipe Tobias.

O clima Eleitoral se agravou quando o Advogado Nivaldo Alves publicou em sua Rede Social uma “Nota de Repúdio” na última Terça-Feira, relatando o tratamento de Felipe Tobias a sua pessoa, alegando que não o cumprimentou, mostrando arrogância e prepotência durante uma reunião na Casa do Advogado para tratar da Fiscalização para o dia da Eleição. Politicamente Nivaldo Alves é ligado ao Prefeito Aguilar Júnior.

A movimentação eleitoral que transcorria na frente da sede da OAB na cidade, chamada de “A Casa do Advogado”, foi alterada rapidamente e nos últimos minutos de votação, quando um carro passou em frente ao local de votação e uma mulher, trajando um sumário biquíni saiu do carro pelo Teto Solar e começou a dançar. O fato causou surpresa entre os Advogados pelo tom hilário do momento, onde não faltaram piadas sobre qual candidato à Presidência teria pago o show da mulher.

O anúncio oficial da Eleição na 65ª Subseção foi dado na sacada da Casa do Advogado pelo Presidente da Comissão Eleitoral, Wallace Luiz Cabral Marcondes aproximadamente 20 minutos após o término do pleito. No total são 663 Advogados na ordem local, sendo que segundo informações oficiosas, 171 não estavam aptos a voto. Ao final a chapa 1 recebeu 194 votos, contra 227 votos da chapa 2, além de 6 votos em Branco, 17 Nulos e 48 não compareceram para votar. Na Eleição da OAB Estadual, Caio recebeu 141 votos contra 245 votos para Patrícia Vanzolini, mais 8 votos para Dora Cavalcanti, 13 votos para Mário Oliveira e 14 votos para Alfredo Scaff. Só no Estado de São Paulo são mais de 400 mil profissionais do Direito. O mandato de Marcelo William terá início em 1º de Janeiro de 2022 e término em 31 de Dezembro de 2024.

O atual Presidente Felipe Tobias não quis comentar o resultado da Eleição. O vitorioso Marcelo William declarou que a vitória não era apenas dele, mas de toda chapa, de todos os apoiadores, de todos os Advogados que votaram nele, pois sem eles não haveria vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *