OAB na Escola leva Cidadania para população

O desenvolvimento de um país vem somente pela Educação e o Brasil precisa crescer e isso só acontece através da Educação. Em todo este desenvolvimento cabe noções de Direito para as crianças como forma de Cidadania??? Esta é a tarefa principal do Advogado Marcelo Paiva Medeiros e seus colegas, seja no programa “Praticando Direito – Cidadania ao Alcance de Todos” ou pelas atividades da OAB na Escola.

O Programa Praticando Direito – Cidadania ao Alcance de Todos tem como autor o Advogado Marcelo Paiva teve início em 2009 na Escola Dr. Eduardo Corrêa da Costa Júnior, localizada no bairro do Tinga, na zona sul de Caraguatatuba e atualmente circula pelas escolas da cidade, a pedido dos respectivos diretores. Com o objetivo de levar noções de Direito as crianças e num futuro próximo incluir a Iniciação ao Direito na grade curricular das escolas estaduais, pois no crescimento de um povo está o perfeito entendimento das leis, ou seja, o conhecimento de suas obrigações e direitos.

Voltado para o povo mais humilde que não recebe a totalidade das informações sobre as leis o programa coloca em discussão os principais casos e problemas que afligem a Sociedade Civil Organizada no seu dia a dia e os mesmos são colocados a escolha dos pais através de seus filhos, onde os mais votados tornam-se palestras nas comunidades, como por exemplo a Lei Maria da Penha.

E quando o assunto aborda as comunidades é a vez da OAB na Escola, que existe há mais de 20 anos e foi gerenciada por Marcelo Paiva entre 2014 e 2015, e pelo trio Marcelo Paiva, João Gustavo Ângelo e André Gonçalves desde fevereiro deste ano, levando conscientização jurídica e Cidadania nas escolas do município, para crianças do Fundamental 2 até o Ensino Médio.

O objetivo é o de levar esta conscientização para todos os bairros da cidade através de suas escolas. Para o mês de Junho já está agendada uma palestra no Barranco Alto em 22 de junho, discutindo temas como Mecanismos de Combate a Violência contra a Mulher, relacionando a identificação dos casos, fluxo de atendimento da rede, direitos e proteção da família. Para Marcelo a estrutura de um Cidadão está ligada diretamente ao seu conhecimento das leis que o regem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *