Os pensamentos para uma cidade melhor de Gonzaga

Gonzaga e Nivaldo 343

Diga uma coisa, você em algum momento não parou para pensar sobre as suas opiniões a respeito de uma cidade melhor??? Eu sei que sim, que já fez isso não apenas uma, mas várias vezes. Gonzaga Coelho, como não poderia deixar de ser, também o fez e não apenas uma única vez, mas sempre que pode, ou melhor, que vivencia os problemas de uma comunidade, da cidade em que vive.

Quando você pensa numa cidade melhor não é apenas um item, mas vários, diversos campos e situações que melhoram a qualidade de vida de uma pessoa, de uma comunidade.

Na Habitação, Gonzaga pensa que aprimorar o Programa de Habitação Popular seria a melhor maneira de dar mais chances e oportunidades para aqueles que desejam o seu canto, a sua casa, um recanto para chamar de seu. Ainda ligado a Habitação, Gonzaga acha que a Sabesp (Saneamento Básico do Estado de São Paulo) deveria ser mais ágil, mais rápida para a implantação da rede de água limpa e esgoto, pois ele sabe a satisfação que é ter água e um banheiro limpo a toda hora.

Regularizar as construções clandestinas, proporcionando legalidade e dignidade aqueles que vivem sem estar de acordo com a lei e obviamente, por outro lado, aumentar a arrecadação da Prefeitura através do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Seguindo pela mesma trilha ele pensa que os moradores de áreas invadidas deveriam ter um olhar mais social por parte do Poder Público, pois na sua vivência, quem mora em área invadida ou não tinha alternativa na vida ou foi enganado por estelionatários.

Ainda focado na infraestrutura urbana ele vê que a concessionária de transportes coletivos urbanos, a Praiamar, poderia oferecer um serviço melhor a parte da população que necessita e usa transporte público diariamente. Direcionando agora para as famílias Creches nos bairros de Massaguaçu, Tabatinga e Getuba resolveriam o problema da mãe trabalhadora destas comunidades, que precisam trabalhar e não tem onde colocar ou pagar para cuidar de seus filhos, além de uma fiscalização mais rígida quanto as mães que realmente necessitam deste serviço. E você, o que andou pensando para melhorar a sua cidade???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *