ame-lixeira-criativa-51

 

O AME – Ambulatório Médico de Especialidades, unidade Caraguatatuba tem registrados índices de perda de vaga que chegam a casa dos 26%. A perda de vaga se divide em dois tipos e o estabelecimento médico atende pacientes do Litoral Norte prioritariamente.

O AME de Caraguatatuba está em funcionamento desde 2009 e a partir do ano seguinte tem registro de 1 mil atendimentos por dia de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas, o que perfaz um número aproximado de mais de 2 milhões de atendimentos até o ano passado. Só a Oftalmologia atende cerca de 2.500 pessoas por mês e a Coleta de material para Análises Clínicas em torno de 20 mil mensais.

Segundo a direção do AME existem dois tipos de perda de vaga; A Primária e o Absenteísmo. A perda Primária diz respeito as vagas abertas aos municípios do Litoral Norte para todo o tipo de atendimento prestado pela unidade, que é administrada pelo Seconci/SP – Sindicato das Empresas de Construção Civil/SP. Neste caso, Caraguatatuba é a única cidade que não tem perda Primária, ou seja, aproveita todas as vagas existentes para o atendimento de seus munícipes. Para o restante das cidades da região os números apresentam-se diferentes. Em Ilhabela a perda Primária é de menos de 20% e em São Sebastião e Ubatuba este número gira em torno de 26%.

No caso do Absenteísmo o registro mostra a porcentagem de pacientes que tem sua consulta marcada e não comparecem no dia e hora agendados. Neste caso não há uma porcentagem determinada para cada cidade, mas apenas de forma regional, registrando de 20 a 25%. A direção do AME explica que quando um município não utiliza a vaga e existe a perda Primária, a mesma é colocada num “Bolsão de Vagas” e reutilizada por outra cidade. Quanto ao Absenteísmo a direção da unidade orienta que quando o assunto for uma consulta, o paciente que não puder comparecer deve se dirigir a Secretaria Municipal de Saúde de sua cidade e informar a falta, para que outro paciente possa ocupá-la e com isso, reduzir a demanda existente. Quando o caso é de retorno, o paciente que irá faltar deverá se comunicar com o AME, através do telefone 3897-1000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *