A Reunião entre a Praiamar e a Prefeitura, realizada na Quinta-Feira passada – 25 de Junho – por Vídeo Conferência não obteve o resultado desejado para tranquilizar o Transporte Coletivo na cidade. O Executivo se comprometeu a ajudar de forma parcelada. Sindicato vai ouvir a categoria e decisão pode instaurar Greve no início de Julho.

Segundo o que foi acordado na Audiência de Conciliação por Vídeo Conferência com o TRT – Tribunal Regional do Trabalho – da 15ª Região, sediado em Campinas, Prefeitura e a Concessionária dos Transportes Coletivos em Caraguatatuba deveriam se reunir para chegar a um acordo quanto as dívidas ou o Aporte Financeiro para manutenção da Praiamar durante a Pandemia.

A Reunião foi marcada para o dia 25 de Junho – Quinta-Feira – e foi realizada por Vídeo Conferência, apenas entre o Executivo Municipal e a Concessionária, com o Sindicato da categoria – STTRUCA – proibido de participar, o que foi alterado momentos antes do evento, através do envio do link para acessar a Reunião. Estiveram presentes pela Praiamar o Gerente Nervile Almeida, o Advogado da empresa, Sérgio Ghercov e o Diretor Humberto Pereira. Pelo Sindicato o Presidente Francisco Israel e pela Prefeitura o Prefeito, juntamente com o Vice e os Secretários Municipais de Mobilidade Urbana, Administração, Jurídico, Fazenda e Procuradoria Jurídica.

De acordo com informações obtidas pelos participantes da Reunião a Prefeitura não dará o Aporte Financeiro de R$ 500 mil para manutenção da Praiamar durante a vigência do Decreto sobre a Pandemia e segundo a empresa, o pagamento de Julho, que vence em sete de Julho – Terça-Feira – será feito de modo semanal e parcelado, como tem sido feito desde Maio, com a diferença que o Vale Alimentação será pago numa única parcela. O apoio da Prefeitura será em parcelas mensais de r$ 100 mil até o final do Decreto, na forma de Passes Escolares com base no valor de R$ 3,60. Ao mesmo tempo a Concessionária informou que na última Sexta-Feira – 26 de Junho – ordenou a demissão de 40 Motoristas, sendo 10 de forma imediata e outros 30 entrando em Aviso Prévio. A Praiamar tem 70 Motoristas no seu quadro funcional.

Segundo Francisco Israel, Presidente do STTRUCA, o Sindicato da categoria, durante a reunião, que durou cerca de três horas – Das 15 às 18 horas – foram confirmadas as informações de parcelamento de compra dos Passes Escolares e devido a isso, a categoria vai aguardar a oficialização da pauta da Reunião para tomar uma decisão junto aos Sindicalizados. De acordo com Israel a situação poderia estar mais tranquila se a Prefeitura desse o Aporte pretendido pela Praiamar ou se a empresa aderisse a Medida Provisória 936/2020 do Governo Federal que garantiria a saúde financeira da Concessionária durante a Pandemia, mas infelizmente a Praiamar não tem os 30% iniciais do acordo para garantir os salários dos Motoristas no Seguro-Desemprego. Israel está convicto que os Motoristas não aceitam o parcelamento e a expectativa é de Greve sem data de retorno para o dia sete de Julho.

A Praiamar por sua vez já se manifestou alegando entender o direito de Greve da categoria, mas ressalta que uma paralisação agora, com a redução da frota e queda na arrecadação por causa do Covid-19 não trariam um horizonte favorável, tanto para a categoria, para a empresa, bem como para a cidade.

A Prefeitura de Caraguatatuba através de resposta a solicitação do Contra & Verso, respondeu que por causa da Pandemia teve queda de arrecadação na ordem de 30%, o que representa mais de r$ 50 Milhões nos últimos três meses e que a única maneira de apoiar será na compra mensal de R$ 100 Mil em Passes Escolares até o final da vigência do Decreto para honrar com os compromissos dos seus funcionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *