A Câmara Municipal de Caraguatatuba, através de seu Presidente, o Vereador Renato Carrijo Leite de Aguilar – Tato Aguilar – realizou uma Coletiva na tarde da última quarta-feira, no período da tarde com Veículos de Comunicação da região. Na ocasião o Vereador apresentou os números de 2021 e os planos para 2022. O Presidente resumiu a Câmara em Eficiente, Trabalhadora, Respeitosa e Dedicada neste ano que termina.

A Câmara de Caraguá reuniu a Imprensa local e Regional para apresentar suas realizações no ano de 2021. A Coletiva de Imprensa ocorreu na sala da Presidência, juntamente com o Diretor Geral Léo Macedo e sua equipe de Assessores e da Comunicação Legislativa.

A Coletiva teve início com um Vídeo Institucional de aproximadamente cinco minutos, que resumia todo o trabalho ocorrido este ano. Em seguida apresentou os números da Casa de Leis, que impressionam pelo volume; 87 Projetos de Lei, 10 Projetos de Lei Complementar, dois Projetos de Resolução, três Projetos de Emenda à Lei Orgânica, 32 Decretos Legislativos, 539 Requerimentos, 97 Moções e outros 22 documentos diversos.

A Câmara nas Redes Sociais foi outro tópico colocado como destaque. Apenas no Facebook a Câmara possui 8.020 Seguidores e um número de Curtidas que iniciou com 4.673 em Janeiro e termina com 6.717 sem a necessidade de impulsionamento pago. No You Tube foram 13.287 visualizações, além de 300 inscritos e 82 mil impressões.

Tato Aguilar ressaltou que a Câmara entra em Recesso Parlamentar a partir de 21 de Dezembro até 31 de Janeiro, retornando em 1º de Fevereiro e que pretende manter os cursos de capacitação para Servidores Efetivos e Comissionados, além dos Estagiários, bem como realizar Sessões Ordinárias, Extraordinárias e Solenes em Libras. O Retorno da Câmara Jovem e das visitas das escolas sediadas no município é outro projeto para 2022, além do retorno das Sessões Presenciais a partir de Fevereiro.

Outro ponto que mereceu destaque diz respeito ao Orçamento do Legislativo, frisando que este ano, de forma antecipada, devolveu cerca de R$ 2 Milhões à Prefeitura e para 2022, da estimativa de R$ 33 Milhões, reduziu para R$ 25 Milhões, economizando os Cofres Públicos em cerca de R$ 8 Milhões. Neste ponto o Presidente Tato Aguilar destacou que houve um acordo político entre o Legislativo e o Prefeito Aguilar Júnior, seu irmão, para que a economia fosse direcionada aos gastos com a Saúde, em todos os seus itens e subdivisões.

O tão sonhado Concurso Público deverá ser efetivado em 2022 segundo o Presidente da Câmara, que terá supervisão da FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – para saber quais os cargos necessários e suas quantidades respectivas para recompor a equipe de Servidores do Legislativo. O Concurso Público da Câmara será feito pela Vunesp – Fundação para o Vestibular da Unesp – em data ainda a ser decidida. Quanto ao Concurso o Blog Contra & Verso relatou o pedido de alguns pretensos candidatos, quanto a possibilidade de se inscrever em dois cargos para obter mais chance de ser aprovado, desde que possua as qualificações necessárias para cada função.

A Câmara possui hoje 21 Servidores e a previsão é a de que o Concurso seja feito para mais 25 cargos dos mais diversos.

A nova sede do Legislativo local não foi mencionada na Coletiva, apenas que os Vereadores retornarão a sede da Casa de Leis e os Servidores transferidos para um novo anexo, maior e com o mesmo custo mensal de aluguel. Houve menção também para a atualização do Regimento Interno, que foi alterado nos anos 1990, quando o ex-Prefeito José Pereira de Aguilar – pai do atual Prefeito e do Presidente da Câmara era Vereador.

Quanto aos planos para 2022 está a criação da “Camuca Flix”, que é a primeira TV Web Legislativa na região e a criação da TV Câmara, numa parceria com a Câmara dos Deputados em Brasília. A intenção de Tato Aguilar é utilizar o Legislativo em Campanhas Institucionais visando a população local.

No âmbito da Política o Presidente da Câmara frisou que não é candidato a Deputado Estadual no próximo ano e que sua reeleição como Presidente da Mesa Diretora do Legislativo já é considerado Constitucional e que só poderá tramitar desde que haja aval dos Vereadores restantes. Ainda sobre a Eleição da Mesa Diretora da Câmara, Tato Aguilar alegou que hoje não se pode falar em apoio a nenhum Vereador, pois as pretensões estão em aberto.

Tato Aguilar finalizou com resposta a pergunta sobre uma definição a respeito do Legislativo este ano. “Eficiência, Trabalho, Respeito e Dedicação”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *