Com o intuito de fortalecer a categoria e melhorar a qualidade dos serviços médicos na cidade beneficiando a população o Médico Oftalmologista e Vice-Prefeito José Ernesto Ghedin Servidei idealizou e fundou a Associação Médica de Caraguá, baseada em instituição similar na terra natal do fundador, em Juiz de Fora, com 132 anos de existência.

Natural de Juiz de Fora/MG e sediado em Caraguatatuba há 23 anos, o Médico Oftalmologista e hoje Vice-Prefeito, José Ernesto Ghedin Servidei, proprietário do HOC – Hospital de Olhos e Clínicas viu que a categoria estava carente de uma instituição que unisse os médicos da cidade e por conseguinte do Litoral Norte, baseado no envolvimento social da classe médica perante os órgãos públicos e privados, além da população.

José Ernesto cita como exemplo a Associação Médica de Juiz de Fora, baseada nos mesmos princípios e com 132 anos de criação em prol da categoria na cidade, revelando ser um desejo antigo, que agora como Vice-Prefeito, torna obrigatória a sua instalação, visando primeiramente conhecer os novos profissionais que chegam a cidade, dando o apoio necessário a eles, conhecendo como atuam, do que precisam, dentre outros para uma melhor interação.

O Vice-Prefeito conta que o start para a criação da Associação Médica de Caraguatatuba (AMC) veio em Julho deste ano e que nos 15 primeiros dias de lançada a ideia 70 médicos já haviam se associado. Atualmente a instituição conta com 90 associados, num universo estimado em mais de 300 profissionais dentre as quatro cidades do Litoral Norte.

O Oftalmologista conta que o Estatuto da AMC já está pronto e a primeira atividade social será uma festiva para comemorar o Dia do Médico, em 18 de Outubro. Fazem parte da entidade Médicos não apenas de Caraguatatuba, mas de outras cidades do Litoral Norte, o que faz crer o seu fundador que provavelmente se tornará Associação Médica do Litoral Norte.

Dentre os objetivos da instituição está a de trazer mais especialidades para a cidade e região, bem como a discussão de valores com o Poder Público e as Organizações Sociais, de Seguro Coletivo de Responsabilidade Civil, a participação nos Convênios, a estrutura de trabalho da categoria, o direito de opinar sobre procedimentos médicos, dentre outros. Para José Ernesto os benefícios se estendem não apenas para a categoria mas para os pacientes e usuários, a população em geral.

A AMC conta com o apoio do Prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Júnior e após empossar a nova diretoria o objetivo será o de se tornar uma Entidade de Utilidade Pública, quando poderão ser feitas doações de consultas de determinadas clínicas que mais necessitem. Outra luta que a nova entidade vai lutar é pela vinda de uma sede Regional do CRM – Conselho Regional de Medicina – evitando que os profissionais se locomovam até São José dos Campos ou São Paulo para tratar de tarefas administrativas.

O Médico que desejar fazer parte da AMC deverá se dirigir até a sede provisória, preencher um formulário e iniciar o pagamento mensal de R$ 100,00 quando a entidade dará um receptivo aos novos e recém-chegados colegas de profissão. É intenção da nova diretoria, quando for empossada, de fornecer uma lista de convênios aos associados.

O fundador José Ernesto não descarta que a AMC trará Ciência, Cultura, Congressos, Palestras e a Socialização dos profissionais da Medicina na cidade, além da Fiscalização de uma boa Medicina na cidade e região. “Queremos ser consultados sobre os problemas da cidade, com ênfase na prática de uma Medicina que beneficie os profissionais e seus usuários”, disse.

Até o fechamento deste texto havia informação que a primeira Diretoria seria nomeada no dia 28 de Setembro, após a publicação da criação da AMC no Diário Oficial na sede provisória, porém não obtemos confirmação. A nova Diretoria será formada por 20 membros, dentre eles o Vice José Ernesto, Érica Lanzillo, Paulo Sérgio, dentre outros, com a posse previamente marcada para 1º de Outubro, na Rua Caçapava, 611 no bairro do Sumaré. O atendimento na sede acontece de segunda a sexta-feira, no período da tarde.

José Ernesto reitera que o fato de no momento ser Vice-Prefeito coincidiu para a fundação da AMC, melhorando o elo entre a categoria e o Poder Público, salientando que a entidade é Apartidária e Apolítica.

Segundo o Oftalmologista a AMC vai discutir Qualidade no Atendimento, Remuneração da categoria, aceitação ou não de algumas imposições, onde como Entidade Representativa de Classe irá discutir com as entidades gestoras como está funcionando a Saúde em Caraguatatuba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *