A Saúde precisa ser mais organizada, diz Gonzaga

Gonzaga e Nivaldo 343

 

A Saúde Pública é um dos mais importantes deveres do Poder Público. Uma Saúde organizada, estruturada e de boa qualidade é o melhor retrato de uma Qualidade de Vida digna à população.

Para Gonzaga este setor necessita de mais organização. São frequentes as reclamações sobre falta de remédios, de médicos nas mais diversas clínicas, demora na marcação de consultas, na realização e entrega de exames, bem como cirurgias emergenciais e eletivas.

A Burocracia do Poder Público, principalmente na Saúde reflete bem o grau de desorganização no setor. A falta de uma chefia e até um segundo em comando é o principal problema, pois o morador não tem para quem reclamar ou solicitar quando algo lhe aflige.

Imagine você esperar por horas para pegar o seu remédio e descobrir que o mesmo está em falta, ou então você acorda cedo, pega ônibus lotado e no frio, fica esperando ser chamada para a consulta ou retorno e descobre que o profissional faltou ao serviço. Pior ainda é quando você, depois de dias e até meses, consegue fazer o exame necessário e quando retorna, no dia marcado para buscar o resultado, percebe que ou o exame não tem laudo ou o funcionário perdeu o seu resultado.

A criação de uma chefia e um segundo em comando é a medida mais certa para evitar estes atropelos, pois na falta de um remédio a chefia ligaria imediatamente para o Almoxarifado, o mesmo ocorrendo quando da falta do médico, que pode ser a solicitação de um outro profissional de plantão a espera ou o próprio doutor, explicando a sua falta. Um responsável para fiscalizar o por que da demora nas consultas e exames e sua posterior retirada evitaria a raiva do contribuinte.

Como se vê a solução é simples, basta ter vontade política para resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *