Dilma Rousseff

O Caso da Cartilha de Caraguatatuba repercutiu em todo o país. Ao que parece mais de 240 veículos de comunicação solicitaram informações sobre o caso de uma Cartilha de Português numa escola municipal do bairro do Massaguaçu, na zona norte da cidade, que para exemplificar regras da língua portuguesa faz menção ao PT – Partido dos Trabalhadores e a Presidente Dilma Rousseff. O Site de Notícias Contra & Verso conseguiu o nome do Professor autor e segundo informações, o mesmo teria agido sob o incentivo de outra pessoa.

Os alunos de Português do 9º ano da Escola Municipal Antonia Antunes Arouca, do bairro de Massaguaçu, na zona norte da cidade, receberam uma Cartilha com exercícios sobre o uso da vírgula com o seguinte texto: “O PT á ladrão, traidor e enganador (vírgula separando predicativos)”; Em outro texto o exemplo é sobre o aposto: “Dilma, a presidenta, e seus 40 ladrões afundaram o país”. O assunto veio a tona quando um dos alunos mostrou o caderno para o seu pai, que indignado fez uma reclamação formal sobre o assunto. A Prefeitura de Caraguatatuba é administrada pelo PSDB, partido de oposição que tem como Prefeito Antonio Carlos da Silva no seu quarto mandato.

Antonio Carlos da Silva_Prefeito

Segundo a Secretaria Municipal de Educação os alunos receberam este ano duas apostilas fornecidas pelo Governo Estadual e uma pelo Governo Federal e que o material que originou o problema foi utilizado por um professor sem o conhecimento da Diretoria da Unidade e muito menos pela Secretaria.

Ao contrário do reza a praxe e tradição, ao invés de uma Nota Oficial, o Prefeito Antonio Carlos emitiu um Ofício Especial, salientando que ficou perplexo com o fato e que nunca usou de estruturas ou ações públicas para denegrir a imagem de um político ou partido, por não ser Ético e não fazer parte dos seus princípios e caráter. Continuando o Chefe do Executivo observa que o educador foi afastado e que um Processo Administrativo foi aberto para averiguar o caso e apontar culpados e suas penalidades. O Prefeito isenta a direção da Unidade e a Secretaria de Educação do fato.

Prefeitura_Placa Principal 56

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Caraguatatuba, emitiu Nota Oficial sobre o fato, salientando que apesar da cidade se mostrar conservadora politicamente como demonstram os longos anos de governos tucanos e seus parceiros, o PT foi pego de surpresa com a citada Cartilha que faz menção ao partido e a Presidente Dilma, considerando isso um ato de covardia educacional, a destruição da cidadania e do direito ao conhecimento. O partido informa também que entrou com um pedido de explicações junto a Prefeitura. Na emissora FM local a Presidente Cássia Gonçalves esboçou que é inaceitável discutir política partidária em ambiente escolar.

O Site de Notícias Contra & Verso solicitou o nome do Professor Autor da Apostila/Cartilha, para que ele falasse sobre o seu objetivo e intenções quando utilizou este material em sala de aula. A Assessoria de Comunicação da Prefeitura respondeu que o nome do professor está sendo mantido em sigilo até que tudo seja apurado pela Comissão Disciplinar em 60 dias, dando a ele o direito da defesa e o de retornar as suas atividades profissionais.

A redação do Contra & Verso solicitou o posicionamento de entidades como o Ministério da Educação, Diretoria Regional de Ensino e Secretaria Estadual de Educação. Ambos não quiseram se posicionar sobre o assunto por ser um fato isolado e ter ocorrido no âmbito de uma escola municipal, que está fora de sua  competência e jurisdição.

Através de suas fontes o Site Contra & Verso descobriu que o autor da Cartilha é o Professor Elinaldo, que veio de outra cidade, está em Estágio Probatório, não tem amizade ou relacionamento com o Prefeito Municipal, não é filiado ao PSDB e que agiu sozinho, tendo apenas recebido apoio e incentivo de outras pessoas, que poderão ser relacionadas ao processo.

PSDB PT -Partido dos Trabalhadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *