Uma grande confusão!!! É o que se pode traduzir do imbróglio ocorrido na Igreja Matriz com o Conselho Tutelar no início de Junho durante os festejos do Padroeiro Santo Antonio. Segundo apuramos houve erros de ambas as partes, além da falta de apoio do Executivo. No final das contas sobrou até para o evento Jazz & Vinhos.

 

Conselho

O Conselho Tutelar é o defensor do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente e para isso o segue a risca no que tange a integridade física, moral e educacional dos pequenos.

 

Eleitos

Os Conselheiros são eleitos para um mandato de quatro anos através do voto da população, recebendo salário para isso, com a obrigação de apurar denúncias contra crianças, algumas anônimas, através de plantões diários, porém sem receber quando o trabalho excede o plantão básico, ou seja, não recebem hora extra.

 

Ligação

Uma ligação no celular de plantão do Conselho Tutelar deu início a confusão. Era noite de dois de junho e uma advogada fez a denúncia de que duas crianças estavam em situação de rua na festa do centro.

 

Início

E a confusão começou aí. Segundo as fontes, após atender a ligação a Conselheira informou a equipe de plantão e esta ficou em dúvida; “Festa no Centro??? Na Igreja Santo Antonio???”. A atendente disse achar que sim.

 

Checagem

Sem ao menos ligar novamente para a denunciante para que explicasse melhor ou pedir maiores informações durante a ligação, os Conselheiros optaram em checar a Festa de Santo Antonio na praça do centro.

 

Esmola

Para os conselheiros o entendimento era de crianças pedindo esmola para adulto, um dos problemas mais sérios combatidos pelo Conselho Tutelar.

 

Primeiro

Este foi o primeiro e talvez o principal erro. Ao ouvir uma denúncia deve-se pedir ao denunciante que seja o mais explicativo possível, fornecendo locais específicos, datas, horários e até nomes, se souber, das pessoas envolvidas.

 

Exemplo

É o mesmo quando você faz uma denúncia no 190 da Polícia Militar. O atendente do Copom – Centro de Operações Policiais Militares faz todas as perguntas possíveis e inimagináveis para ter a situação real e total do problema.

 

Nada

De acordo com as informações nada foi visto na praça onde estavam as barracas, quando os Conselheiros decidiram adentrar a área da Festa de São Tonico.

 

Gari

Ao entrarem os Conselheiros depararam com um menor usando colete e luvas descartáveis recolhendo o lixo das mesas dos frequentadores. A cena não foi bem vista pelos Conselheiros Tutelares.

 

Vexatória

Para os Conselheiros esta é uma das piores situações para as Crianças ou Adolescentes segundo o ECA, pois cria uma situação Vexatória que pode resultar em problemas posteriores ou a criação de situação de Bullying entre seus colegas.

 

Concordância

Segundo o apurado a mãe do citado menino teria concordado e o mesmo parou de executar o serviço de limpeza das mesas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *