Qual o melhor caminho para vencer a Eleição??? Existem caminhos fáceis e os difíceis e nem sempre o mais fácil é o melhor caminho para vencer o pleito. A grande questão é conciliar a Nova Política com o ato de cativar a confiança do Eleitorado. O maior problema mesmo é torcer para que o povo se conscientize quanto a forma de escolher o seu candidato.

 

Arbitrariedades

E continuamos a divulgar as arbitrariedades, as presepadas, os atos monstruosos praticados pelo atual Presidente do Legislativo, o Projeto de Caudilho, Carlinhos da Farmácia.

 

Veto

Ainda falando sobre a única Sessão Ordinária Presencial em tempos de Pandemia, realizada recentemente, houve um pequeno e rápido entrevero entre o Caudilho e o Vereador Aurimar. Simplesmente lastimável!!!

 

Emendas

Durante a discussão de um Projeto de Lei, simplesmente o Presidente da Câmara, após o debate e votação de algumas emendas, colocou a propositura em votação. Até aí tudo bem, se não houvessem outras 3 emendas de autoria de Aurimar para serem votadas.

 

Reclamou

Imediatamente o Edil do sexto mandato reclamou e lembrou o Caudilho que ainda haviam emendas para votar. Simplesmente Farmácia disse que não iria votar e ponto final!!! A razão??? Acho que nem ele saberia dizer qual seria!!!

 

Bate Boca

Houve um rápido Bate Boca, onde não faltou o tradicional tom áspero e aos gritos do Caudilho, ato típico deste tipo de mandatário, quando Aurimar chamou Farmácia de Arbitrário várias vezes!!!

 

XV

Numa das emendas Mansano pedia a instalação de um Hospital de Campanha no campo do E.C. XV de Novembro.

 

Obra

Há quem diga que ele censurou Aurimar pois imagine aprovar um Hospital de Campanha ao lado da odiosa obra de construção do novo prédio da Câmara, na quadra de esportes do clube de futebol mais querido, patrimônio eterno da cidade, o Leão do Litoral!!!

 

Atípico

Aliás a atual Presidência, digo a Presidência, pois a Mesa Diretora nada faz, não se mexe ou movimenta e sempre se mantêm calada apresenta Peculiaridades, ações Atípicas que ou retratam o Caos ou o mais hilário no comando do Legislativo.

 

Roteiro

O Caudilho não fala um a, uma linha ou frase sequer por conta própria, apenas as grosserias e arbitrariedades, se não estiver com um roteiro na sua mesa, feito por Servidores com vasta experiência no trâmite de uma Sessão Ordinária.

 

Grosserias

Se o Presidente “vomita” impropérios quando se vê contrariado, imagine se fosse para transcorrer uma sessão por sua livre vontade???

 

Noite

Essa é hilária; Toda vez que um Vereador pede a palavra, ele cumprimenta os colegas com o tradicional “Boa Noite”. E não é que toda vez que um Vereador faz isso ele responde com outro Boa Noite!!! Caudilho Tupiniquim, o cumprimento é praxe Cerimonial e não necessita de resposta.

 

Unânime

E quando um Projeto ou Requerimento é aprovado por Unanimidade??? A praxe do Cerimonial da sessão é o Presidente informar o resultado da votação. É aí que você vai morrer de rir!!! Ele responde da seguinte maneira: “Aprovado Unanimimente!!!”.

 

Quer saber de tudo que acontece na cidade??? Acompanhe o Contra & Verso pois assunto não vai faltar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *