O Dia do Triunfo!!! A coluna de hoje abrange o auge do mal Radialismo, feito de maneira venal, distorcida e manipuladora. Leiam tudo sobre o debate entre o Advogado da Niponet, Miguel Giuzio Neto e o locutor oficial do programa Jornal Regional, da Caraguá FM. Da minha parte desopilei o fígado de tanto rir das presepadas.

 

O Fato

A questão que abordamos hoje começou há vários meses, ou melhor, toda vez que a Rádio ficava sem transmissão pela Internet – a Rede Mundial de Computadores – e teve o seu ápice em 9 de março.

 

Mudo

Quem acompanha o Jornal Regional sabe que não é de hoje ouvir o Irmão de Armas Milton Diniz Jr. dizer para o seu parceiro que a transmissão estaria ocorrendo apenas pela Frequência Modulada e não junto com a Internet. Este fato, para um Veículo de Comunicação nos dias de hoje é como se estivesse mudo, fechado para o mundo!!!

 

Criticou

Em todas as vezes o Locutor Oficial mostrou a sua indignação quanto ao fato, que devemos concordar, ainda mais para quem lida com Comunicação.

 

O Dia

Em 9 de Março ele, a qual o nome não se deve nem mencionar assim como em O Senhor dos Anéis, destilou toda a sua raiva para o sistema Niponet, que por sinal está localizado no mesmo andar da Rádio, apenas algumas salas distante.

 

Impropérios

O veneno destilado e abordado foi dos piores, o que acabou ganhando respaldo nos ouvintes, que manifestaram apoio ao Radialista.

 

O Retorno

Mesmo sem Internet no dia anterior, mas com a velocidade de uns 10 Terabytes, chega no dia seguinte a Rádio um pedido de cópia da gravação do programa anterior, para formulação de um pedido de resposta, a qual não correspondido, poderia resultar em Ação Judicial.

 

Igual

Tratamento igual foi dado pelo Radialista para o Sindicato dos Petroleiros, que durante a greve, venderam bujões de gás de 13 quilos por r$ 30,00 quando o preço de mercado na época beirava os r$ 60,00 o que gerou pedido de cópia do Dedo-Duro para resposta e caso não ocorresse, uma Ação Judicial seria impetrada!!!.

 

Irado

Aí o bicho pegou!!! O moço da Latinha vomitou críticas, impropérios, lascou o pau, desceu o porrete na Operadora de Internet, ou seja, falou um monte sobre o serviço que era prestado à Emissora.

 

Joguete

O que o Dinossauro da Latinha desconhece, ou melhor, conhece, pois ele quis fazer drama com a Liberdade de Expressão e se fazer de vítima é que o procedimento padrão no Direito, quando se é criticado e citado é pedir uma gravação do que foi dito e na recusa, uma Ação Judicial será elaborada. Difícil desconhecer isso para quem tem mais de 40 anos na profissão!!!.

 

O Dia 1

Chega o dia 17 de março e logo no início do programa o Radialista anuncia a presença do causídico Miguel Giuzio, que estaria em mãos com o Direito de Resposta da Niponet para a emissora.

 

Leitura

Segundo o acordado entre o Advogado e a Gerência da emissora, o Radialista deveria ler o Direito de Resposta na íntegra, que teria aproximadamente o mesmo tempo do veneno destilado pelo Jurássico nos dias 9 e 10 de março.

 

Não Leu

O imbróglio começou quando em determinado momento da leitura o Radialista se negou a ler o documento acordado.

 

Paciência

O mesmo Radialista alegou que não teve paciência de ler antes o documento para divulga-lo durante o programa.

 

Parada

A parada da leitura se deu quando o Jurássico se negou a pedir desculpas pelo que tinha dito e complementou que não se arrependia das palavras proferidas.

 

Merchandising

Como o Direito de Resposta enaltecia o trabalho da operadora, o Radialista elogiou o documento, pois fazia Merchandising gratuito.

 

Pagar

Tentando desvirtuar o assunto o Radialista propôs que o melhor seria que a Niponet fizesse um contrato de publicidade com a Caraguá FM e no programa dele. Essas insinuações maldosas são costumeiras da parte do Radialista.

 

Última Forma

Recebemos ligação do Servidor Fábio Rodrigues, neto do finado Vovô do Táxi, um dos mais antigos e prestigiados profissionais do ramo na cidade. O motivo da ligação foi para informar que, com base no texto publicado em 28 de abril, a história é outra!!!.

 

Última Forma 1

O Fábio informa que não é candidato a Vereador e que quanto a Gratificação, o valor é realmente de 80% porém, apenas uma, transferido da Comunicação, onde estava, para a Secretaria de Mobilidade Urbana. O motivo da falha veio da má qualidade da imagem enviada por nossas fontes, onde o detalhe “anterior” e “atual” estão ilegíveis. Tá feito o reparo, o qual pedimos desculpas!!!.

 

Esta coluna tem continuação, não perca!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *