Tem assunto no Blogueando que é abordado, tem assunto que já foi abordado e merece um repeteco e tem assunto que não pode deixar de ser abordado sempre!!!

 

Fogos

Eu acho que já abordei este fato no Blogueando, mas como é um assunto interessantíssimo, vale a pena rever e comentar. Trata-se da questão dos Fogos de Artifício na cidade!!!

 

Impasse

A tal lei que proíbe fogos com som foi elaborada, discutida e debatida, com inclusão de emenda que foi retirada e no final das contas arquivada para votar sabe lá Deus quando!!!

 

Pedido

O uso de fogos sem som é um pedido dos grupos que protegem os animais e das pessoas que tem pessoas com deficiência, pois o som estridente, alto e forte causa um baita impacto negativo nestas pessoas e animais.

 

Empregos

Há quem diga que se as fábricas produzirem fogos em som irá tirar o emprego de muitos trabalhadores. Penso que há um pouco de exagero, pois o mesmo trabalhador que faz rojão com barulho pode fazer foguete apenas com brilho.

 

Comércio

O mesmo para os comércios que vendem fogos de artifício. Lojista ou balconista que vende rojão com som vai continuar trabalhando e vendendo rojão apenas com brilho, ou seja, não haverá demissão no comércio com isso no meu modo de ver.

 

Esporádico

Com exceção dos traficantes o uso de fogos não é diário, mas sim sazonal e tradicional, ou seja, como você não solta fogos com som diariamente o incômodo aos animais e pessoas com deficiência não seria tão grave.

 

Exceção

Como havíamos citado, exceção se faz apenas para os Traficantes e torcedores de futebol, mas esses apenas em jogos decisivos e dependendo do time os fogos vão embolorar pela falta de uso.

 

Tradicional

Tradicionalmente os fogos são usados no Natal, Ano Novo, Finais de Futebol, Aniversário da Cidade, Santo Antonio, Nossa Senhora Aparecida e inaugurações do Poder Público. Faltou algum outro evento???

 

Fiscalização

Outro grande problema com relação a lei diz respeito a Fiscalização. Não há como a Prefeitura fiscalizar quem está ou não está usando fogos com som. Imagine no Ano Novo a fiscalização olhando para o céu e ouvindo fogos com som e tendo que descobrir de onde foi lançado e sair correndo para multar o transgressor.

 

Fiscalizar

Se a cidade proibir a venda de fogos com som, como proibir e fiscalizar se o Turista, Veranista e até o morador local comprar fogos com som em outras cidades como São Sebastião, São José dos Campos, Paraibuna e São Paulo???

 

Proibição

A lei é bem clara e proíbe, no caso de aprovação, a venda de fogos com som dentro do município de Caraguatatuba, ou seja, comércios ficam impedidos de vender, pessoas ficam vetadas de usar e a Prefeitura proibida de fazer uso também.

 

Conscientizar

Neste caso a conscientização é prioritária, primordial e importantíssima. Sugiro mensagens institucionais nas rádios e Redes Sociais e Out Doors nas rodovias alertando para o nosso pensamento visando o bem comum!!!

 

Exemplo

Agora quem precisa dar o exemplo é a Prefeitura. No Aniversário da Cidade os fogos tinham som, barulho e estampido em demasia, o que contradiz todo o trabalho feito pela população e a Câmara com relação a questão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *