Assim como as ondas balançam, as marés variam diariamente, tanto para alta como para baixa. Na política acontece o mesmo, pois há assuntos e políticos que um dia estão em alta e no outro em baixa e nesse vai e vem é que abordamos os fatos da Coluna Blogueando de hoje.

 

Pet in Bus

E movimentou a cidade o projeto de lei, rejeitado, do Vereador Dennis Guerra, que autorizava o transporte de animais nos ônibus circulares do município.

 

Pet in Bus 1

Obviamente que os animais, cães e gatos, seriam transportados em caixas específicas para tal, as chamadas gaiolas, com intuito de preservar tanto os usuários como os animais.

 

Pet in Bus 2

Se você está pensando que poderia transportar um Dinamarquês, um Pastor Alemão, um Labrador ou até um Dog Alemão, risos, esqueça, no projeto só poderiam ser transportados cães e gatos de até 10 quilos de peso, pois qualquer animal acima deste peso eu recomendo transporte próprio ou uma Transportadora!!!

 

Pet in Bus 3

Foi só o projeto ser comentado nos Meios de Comunicação da cidade para começar o bombardeio de críticas e rejeições quanto ao assunto.

 

Pet in Bus 4

Na verdade o que faltou ao Vereador, conhecido como “Amigo Cão” foi o preparo necessário para colocar um projeto em votação e conquistar a aprovação dos seus pares.

 

Pet in Bus 5

Aliás esta questão reflete bem a falta de preparo da maioria dos Vereadores do Litoral Norte e porque não dizer, no Brasil, que não tem a menor noção do que é a função de Parlamentar Municipal.

 

Pet in Bus 6

Um exemplo disto, ou melhor, dois exemplos vem do mesmo Vereador. Refiro-me a Aurimar Mansano quando fez a ação contra a Regularização Fundiária e no desmentido quanto as verbas conseguidas por outro Vereador, Fernando Cuiú, sobre a reforma da UBS do Morro do Algodão.

 

Pet in Bus 7

Aprovar um projeto não é apenas observar que ele coincide com a sua linha Parlamentar e achar que será necessário na cidade. É necessário pesquisar o lado jurídico, verificar o mesmo projeto em outras cidade e questionar todos os artigos para analisar possíveis erros e respostas para futuros problemas.

 

Pet in Bus 8

Um exemplo disto vem do fato de como transportar os animais, mesmo na gaiola, quando estiverem adoentados, como por exemplo uma Sarna, como fazer o transporte???

 

Pet in Bus 9

A outra questão vem do eleitor, do povo, do contribuinte. Dependendo da situação da cidade, um exemplo Caraguatatuba atualmente, a principal reclamação do povo vem do fato de um projeto como esse se tornar desnecessário ante os problemas mais urgentes, atuais e contemporâneos que assolam o município.

 

Pet in Bus 10

Neste ponto a falta de preparo e do bom senso do povo contribuem para isso. Em qualquer área urbana, assim como a rural, esteja com o problema que for, todas as necessidades e soluções são bem vindas e necessárias, pois mesmo que a cidade enfrente problemas na Saúde, Estrutura Urbana, Segurança e Educação, outros setores também precisam ter seus problemas solucionados, como a Habitação, Esporte, Deficientes, Vida Animal, Turismo, dentre outros.

 

Pet in Bus 11

E não é a primeira vez que isso acontece com o Vereador Dennis Guerra e com a sua linha Parlamentar de Trabalho, no caso a propositura que autoriza a colocação de reservatórios de comida e água para cães e gatos nas ruas da cidade, através da iniciativa privada.

 

Pet in Bus 12

Sendo assim, não é porque falta remédio na Saúde que a Vida Animal não precisa de solução especificamente ou porque as ruas estão esburacadas e sujas que a Sazonalidade no Turismo não precisa ser combatida e exterminada.

 

Pet in Bus 13

Se o Vereador agir desta maneira, sem preparo ou pesquisa sobre o assunto, fica fácil elaborar projeto e querer que seja aprovado. Quando eu me tornar Vereador o meu primeiro projeto será o de isenção de IPTU para Jornalistas, Carecas, Gordinhos e que tenham um Blog……………..Risos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *