A hora do voto da eleição mais importante dos últimos anos na região se aproxima e no frigir dos ovos, depois de analisar a fundo todas as possibilidades, Michelli Veneziani se coloca como a melhor opção para a sua escolha a Deputado Estadual. De estrutura a herança político/eleitoral, somando com preparo e conhecimento da região, passando pelo apoio das comunidades, não se vê melhor opção para representar a região na capital.

Como já havíamos relatado em textos anteriores, alguns fatos são importantíssimos na hora de escolher em quem votar. Ligada e entrosada com pessoas como o ex-Governador e candidato a Presidente Geraldo Alckmin, o ex-Prefeito e candidato ao Governo de São Paulo João Dória Júnior, o ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso e o atual Prefeito de São Paulo Bruno Covas são alguns dos exemplos do aprendizado de Michelli, além dos Prefeitos de São Sebastião, Ubatuba e Ilhabela.

Conhecer, viver e vivenciar a região e seus problemas dão o aporte necessário para que Michelli seja a mais preparada para assumir a cadeira de Deputada Estadual. A Herança Político/Eleitoral é outro fator de imensa importância; Neta – tanto paterna como materna – de Vereadores, esposa do Prefeito de São Sebastião, Primeira-Dama licenciada do cargo para concorrer a vaga, filha, gestora e aluna de Antonio Carlos da Silva, ex-Prefeito e ex-Deputado Estadual por Caraguatatuba e irmã do ex-Vice-Prefeito de Caraguatatuba por oito anos – Antonio Carlos Júnior – que também se candidatou e conseguiu 55 mil votos na época. Não esquecendo nunca que Michelli é candidata “Ficha Limpa”.

Não podemos esquecer que em época de eleição surgem vários candidatos, alguns da região e a maioria de outras regiões, estes últimos chamados “Paraquedistas”, que vem apenas sugar o seu voto com promessas falsas e ilusórias e depois desaparecem. Votar em Michelli Veneziani é votar e eleger uma candidata que você sabe onde mora e que nas horas de aperto e reivindicação você sabe onde encontrar para pedir e lutar por seus direitos. Muitas mentiras estão sendo veiculadas visando desestabilizar a campanha de Michelli, como a de votar em todos os candidatos menos em Michelli e a de que não votar em Michelli é desacreditar o ex-Prefeito Antonio Carlos da Silva, seu pai e professor de Administração e Políticas Públicas.

Só uma candidata preparada poderia analisar e separar os principais problemas da região para poder brigar por melhorias quando for eleita. Dentre as reivindicações estão a finalização das obras na Rodovia dos Tamoios, solicitar projeto ligando o Contorno Norte até Ubatuba, a ampliação do Porto de São Sebastião, a finalização do Hospital Regional em Caraguatatuba e de Boiçucanga, implantação de uma unidade Lucy Montoro para o atendimento dos portadores de necessidades especiais, aumentar os índices de Saneamento Básico nas cidades do Litoral Norte, implantar o Centro de Referência da Mulher, aumentar e ampliar o Monitoramento Eletrônico implantando o Centro de Operações Integradas Regional, divulgar a região em Feiras de Turismo Nacional e Internacional.

Como se vê, preparo, disposição e estímulo para lutar e representar o Litoral Norte é o que Michelli Veneziani tem de sobra, além de encarar esta eleição como um desafio e um compromisso pelo povo que lhe recebeu e convive tão bem, em completa harmonia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *