Mesmo com a perda de parte de seu patrimônio devido a uma ação impensada e mal concluída entre a Prefeitura e a Câmara Municipal, o Esporte Clube XV de Novembro mantêm suas tradições e organização com a publicação do Edital convocando para novas eleições da Diretoria. O prazo vence no final deste mês e não há chances do atual Presidente, o Médico Pedro Norberto dos Santos se reeleger.

O Esporte Clube XV de Novembro de Caraguatatuba publicou na Imprensa local Edital convocando seus associados para compor chapa para nova Diretoria e Conselhos, a se iniciar em Janeiro de 2021 para um mandato de quatro anos. O Leão do Litoral, como é chamado entre os aficionados é o mais antigo clube de Futebol que chegou ao profissionalismo no Litoral Norte.

Estão liberados a participar das Eleições na agremiação os Sócios Fundadores, Efetivos, Contribuintes Compulsórios e Celetistas com mais de dois anos de contribuição e com as obrigações societárias em dia.

Os não associados também poderão participar, desde que paguem uma taxa equivalente a 20 salários mínimos R$ 23,260 mil por chapa, necessitando da aprovação da atual Diretoria, sendo a taxa dirigida apenas para a Presidência e Vice-Presidência, além da última declaração de Imposto de Renda para Pessoa Física.

Os documentos deverão ser entregues até o dia 30 de Agosto e a composição da Chapa de Conselheiros é formada por seis Efetivos e outros seis Suplentes. A chapa da Diretoria é composta por Presidente e Vice. A eleição acontece no dia 11 de Dezembro, das oito às 17 horas em local ainda a ser definido.

O atual Presidente do XV de Caraguá, o médico Pedro Norberto dos Santos, que está a frente do clube há pelo menos 15 anos não deverá concorrer a reeleição. Até o momento a única manifestação de formação de chapa cabe ao atual Vice-Presidente, Márcio Ávila Amores, que ainda não apresentou a formação que irá concorrer.

A Diretoria, Conselheiros e Associados ainda estão traumatizados com a Câmara Municipal, por ter escolhido o antigo ginásio coberto do clube para construir a nova sede da Câmara Municipal. Segundo Pedro Norberto no momento toda a área cedida foi demolida e está sendo terraplanada.

Segundo o Presidente, o Leão do Litoral tem dívidas fiscais e sociais na casa dos R$ 4 Milhões e para resolver esta questão, está negociando com a Prefeitura uma “Dação”, onde a arena – o campo de futebol e as arquibancadas – seriam entregues à Prefeitura para o pagamento das dívidas, ficando a Diretoria do Clube responsável pelo Uso Fruto, com o objetivo de transformar o XV em “Clube Formador”, onde as categorias de base seriam treinadas e os respectivos atletas sendo comprados pelos grandes clubes. Pedro Norberto adverte que a Dação deverá se concretizar antes da execução da dívida, tendo em vista que o terreno da arena está avaliado em R$ 11 Milhões. Na Dação o Uso Fruto será de 30 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *